ROSSANA APPOLLONI
Newsletter
PSICOTERAPIA DE GRUPO

A psicoterapia de grupo respeita o mesmo método e objetivos da psicoterapia individual, mas organiza-se através de um contexto onde aumentam as oportunidades de nos conhecermos mediante a relação com os outros. O ambiente emotivo-afetivo pautado pela confiança e pelo respeito mútuo facilita a consolidação de um sentimento de segurança e de pertença, diminui a resistência à mudança e expande a capacidade de aprofundar as relações interpessoais.

A experiência de grupo pode reforçar o espírito social e relacional, promover o processo de comunicação e reduzir as tensões interpessoais. O resultado mais notável reside porventura na mudança que introduz ao nível do nosso comportamento fora do grupo, na sequência de um maior autoconhecimento e autoconfiança.

 

 

Para participar é necessária uma entrevista prévia.

TESTEMUNHOS

 

Embarcar nesta experiência foi o melhor investimento que alguma vez fiz em mim mesma! Com muito medo e insegurança apostei em desafiar-me e sair da zona de conforto. Através da partilha em grupo e do grupo encontrei espaço para sentir e através dos vários sentires, encontrei respeito, conforto, acolhimento, compaixão, ternura e sobretudo ACEITAÇÃO. Neste grupo, onde me sinto parte integrante, encontrei espaço para ser EU mesma, sem condicionalismos ou reservas! Eternamente GRATA!

Rita Favas

 

Tem sido um percurso de autoconhecimento muito enriquecedor, onde me fui desafiando a olhar para mim com verdade, onde se torna inevitável distinguir o que é meu do que não é (na esfera do sentir e do pensar) e onde vou aprendendo a respeitar e honrar o que não queria ver, o que não queria aceitar em mim. Sempre com amparo, acolhimento e ternura de todo o grupo, sobretudo nas alturas de maior desconforto. É sentir aconchego na dor e alegria na conquista.

Virgínia C.

 

Num momento da minha vida que precisava de parar, criar tempos para mim e olhar para dentro para me redescobrir; iniciei um percurso terapêutico individual. Com paciência, sensibilidade e muito carinho foi-me lançado o desafio de fazer esse percurso em grupo. Foi um grande desafio, mas encontrei neste grupo uma confiança, apoio e aceitação que me têm ajudado, tornando o percurso menos só, e enriquecido, tornando esta experiência mais sentida e vivida. Não só por ter espaço e tempo para partilhar de mim, mas também por ao sentir as outras partilhas, acabar por entrar em contacto com outras partes de mim – o que a sós não seria possível. Ao descobrir o Outro, tenho-me descoberto muito, tendo no grupo um espaço sereno onde a autenticidade pode fluir naturalmente. Obrigada por partilharem comigo este percurso.

Eunice Neta

 

Sentir-me pertença de um grupo cujos elementos se uniram com um objetivo comum de autoconhecimento, tem sido um percurso que só passando pela experiência se poderá apreender na sua total dimensão. No entanto, mesmo não conseguindo exprimir por palavras tudo o que esse processo tem representado para mim, ressalto a importância de vir aprendendo a confiar mais em mim e no outro, e a perder progressivamente o medo de ser posta de lado se falar das  minhas fragilidades, pois cada elemento do grupo está ali para ouvir e acolher-me independentemente das minhas "forças" ou "vulnerabilidades".

Percebi também que não sou só eu a sentir certas "dores", que existe uma afinidade de sentimentos em cada um dos elementos do grupo, mesmo que se manifestem em matizes diferentes.

Maria José P.

© Rossana Appolloni 2013 - 2020. Todos os direitos reservados. Webdesign: Monóculo. Fotografias de Benjamim Silva.